Este site utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência de navegação. Ao navegar estará a consentir a sua utilização. Saiba mais
Notícias

06/Abr

- Prémio Pe. Miguel Carneiro não atribuído

Os membros do júri do Prémio Pe. Miguel Carneiro, após período de reflexão individual, reuniram-se no dia 3 de abril de 2020 para deliberação sobre as cinco obras que foram apresentadas. Por unanimidade decidiram que as obras apresentadas não reúnem os requisitos de qualidade que se pretendia alcançar.

Assim e em conformidade com o n.º 4 do artigo 4.º do Regulamento do Prémio Pe. Miguel Carneiro, o júri deliberou não atribuir o prémio. Agradecemos a todos os que se empenharam neste concurso.

O Prémio de Composição Pe. Miguel Carneiro é uma iniciativa da Paróquia de São Tomás de Aquino, em Lisboa, com o apoio da PAULUS Editora, e pretende ser uma homenagem a este sacerdote pela sua contribuição para a música sacra em Portugal e pelo 50.º aniversário da fundação do Coro do Sagrado Coração.

O Pe. Miguel Carneiro é natural de Vila de Ponte. Fez os seus estudos nos seminários diocesanos de Braga e foi ordenado em 1957. Na sua carreira musical teve um papel preponderante o compositor Pe. Manuel Faria.

Em 1959, foi convidado para colaborador de Monsenhor Lopes da Cruz, fundador e diretor da Rádio Renascença. Em homenagem a esta figura de prestígio, o autor compôs uma Missa de Requiem. Frequentou também o Conservatório de Música de Lisboa, onde concluiu o Curso Superior de Canto, com o Professor Oliveira Lopes. Foi colaborador assíduo da Revista de Música Sacra de Braga. É maestro titular do coro que fundou, atualmente residente na Paróquia de São Tomás de Aquino. Com a PAULUS Editora tem mais de onze obras publicadas, entre as quais se destaca O Povo de Deus Te aclama – Cânticos marianos para a Missa.