Este site utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência de navegação. Ao navegar estará a consentir a sua utilização. Saiba mais
Notícias

01/Abr

- «Peregrinos da tua Capelinha» apresentado em Fátima

A jornalista vaticanista Aura Miguel, da Rádio Renascença, esteve na PAULUS livraria de Fátima para apresentar a obra Peregrinos da tua Capelinha, do Pe. João Luís Silva, o sétimo livro que o autor publica com a PAULUS Editora. Perante uma plateia que encheu a livraria, Aura Miguel elogiou o facto do Pe. João, ao contrário de algumas pessoas que se voltam para nossa Senhora em momentos negativos, olhar para Fátima sempre com um «olhar positivo». «O Pe. João é alguém que olha para Fátima de uma maneira muito positiva. A raiz do seu percurso pessoal é a Mensagem de Fátima e a Mensagem de Nossa senhora», referiu a jornalista na apresentação.
 
O convite que o livro nos faz, disse Aura Miguel, é o de «sabermos parar para contemplar a Mensagem de Fátima e ela dar frutos em nós». «Se [Fátima] foi uma janela de esperança para Deus, temos esse dever que deve brotar do amor a Nossa Senhora, que está bem viva em nós, e um dos sinais disso é este livro», considerou a jornalista.
 
Na apresentação, Aura Miguel chamou ainda a atenção para o facto de «inerente ao sofrimento está a cruz, e quem diz “sim” nesta condição faz com que Deus fique muito contente», uma vez que «o mal espalha-se rapidamente, e Deus precisa de ajuda para o vencer».
 
O Pe. João Luís Silva agradeceu a presença de Aura Miguel e a «confiança» que a PAULUS Editora depositou nele, e revelou que este livro pretende ser «testemunho para os que amam Fátima e para os que não amam» e explicou o que esteve na origem do mesmo. «Peregrinos porque estamos a celebrar o centenário da capelinha das aparições. É o primeiro lugar que visitamos ao chegar. Nossa Senhora só fica tranquila quando nos vê “em casa”, na Igreja, e por isso nas aparições que teve em todo o mundo pede sempre que se construía uma capelinha, para nos fazer sentir que a nossa vida só está em segurança quando estamos em casa, com Jesus Cristo», sustentou.
 
A concluir, pediu que os fiéis de Fátima pudessem dar testemunho pelas suas ações. «Ser devoto de Maria não é apenas amar Maria, mas é também imitar Maria. Não temos necessidade de o dizer [que somos devotos de Maria], deixemos que seja a nossa vida a falar por nós», concluiu.

Vejas as fotos aqui:
«Peregrinos da tua Capelinha»

Veja o vídeo da apresentação aqui: