Este site utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência de navegação. Ao navegar estará a consentir a sua utilização. Saiba mais
Notícias

13/Dez

- Fátima Campos Ferreira apresenta “Presidente dos Afetos”

No dia de aniversário de Marcelo Rebelo de Sousa, a PAULUS Editora apresentou a sua mais recente obra. Marcelo Rebelo de Sousa – Presidente dos Afetos é da autoria da jornalista Cláudia Sebastião e traça um retrato do presidente a partir daqueles que com ele se cruzam, há mais anos ou menos.
 
Num auditório do El Corte Inglés repleto de pessoas, Fátima Campos Ferreira, jornalista da RTP, apresentou a obra que fala de um presidente que «sabe ler os sinais dos tempos». «Marcelo não traz mais integridade ou sentido de missão que os seus antecessores. Mas traz proximidade, coragem na forma como agarra o poder e o leva ao teatro da tragédia humana», afirmou na apresentação.
 
A jornalista elogia a forma como equilibra a «coragem institucional e comportamental», como mostra um «afeto puro, humano». «O presidente é um caso único de alguém que tem tanto de impulsividade como de prudência», sustentou Fátima Campos Ferreira.
 
Com a «naturalidade e simplicidade dos homens grandes», Fátima Campos Ferreira afirma que Marcelo olha para cada pessoa como ela é e «mostra que sabe estar com o outro, e nem todos nós sabemos como o fazer».
 
O Pe. José Carlos Nunes, diretor-geral da PAULUS, também tomou a palavra para afirmar que «a nossa sociedade precisa de exemplos e foi por isso que a PAULUS decidiu fazer este livro».
 
A autora, Cláudia Sebastião, jornalista da revista Família Cristã, agradeceu a todos os que aceitaram falar para o livro e que «abriram as suas vidas com o seu testemunho». Uma experiência, que afirma a própria, muito a «enriqueceu pessoalmente».
 
Afirmando que muitos lhe têm perguntado se este é um livro sobre política, Cláudia Sebastião que não é diretamente, mas que, por tratar da «política do bem comum», acaba por enveredar por esse campo também.
 
A autora enaltece a postura de Marcelo Rebelo de Sousa enquanto presidente, porque «ele leva-nos a todos quando vai a esses sítios onde há pessoas em aflição». «As pessoas que ele abraça sentem que está ali o Chefe de Estado, alguém que representa todo o país. Isso é muito bonito e interpela-nos a todos nós», defende.
 
Aliás, a concluir, Cláudia Sebastião refere que espera que o livro interpele quem o lê. «Ele olha cada pessoa como ela é, e isso deve interpelar-nos a todos e ajudar-nos a tornarmo-nos um bocadinho melhores», concluiu.

«Marcelo Rebelo de Sousa - o Presidente dos Afetos» - Lisboa