Notícias

16/Nov

- Uma obra feita «com e por amor»

O Centro de Educação Ambiental das Ribeiras de Gaia recebeu a apresentação do livro Gotas de água para todos os dias, de Paulo Costa. Meia centena de pessoas juntou-se numa agradável tarde de sábado de São Martinho para conhecer em primeira mão o novo livro que oferece 365 pensamentos de cariz cristão, que acompanham o ritmo da liturgia, sobretudo as grandes celebrações cristãs durante o ano.

O Pe. José André Ferreira, diretor editorial da PAULUS Editora, referiu que o título do livro o fez lembrar Santa Teresa de Calcutá, que dizia que a «sua missão poderia ser uma pequena gota no oceano, mas sem ela o oceano ficaria mais pobre». Também esta nova obra pode ser «aparentemente pequena em dimensão» mas, para o sacerdote Paulista, é «grande em conteúdo», por isso «a PAULUS Editora, que está ao serviço do Evangelho e da cultura, tem muito gosto em trazê-la a público».

A apresentação do livro esteve ao cuidado de Daniela Rodrigues. Professora de EMRC (Educação Moral e Religiosa Católica) e colega do autor, a docente recordou o momento em que se conheceram há 20 anos, quando foi sua aluna e Paulo Costa dava os primeiros passos no ensino. «Professor, mestre, inspiração, confidente, amigo» é como Daniela Rodrigues vê o autor que diz «já nos habituou a pôr cá para fora o que vai sendo produzido “lá dentro”». Para Daniela Rodrigues «esta obra foi feita com e por amor. É fruto de um amor e trabalho amadurecido e vivido. É uma obra muito rica, cheia de sentido e significado. Ela resulta de uma experiência de fé como um ato de viver e por isso é visceral».

O autor, Paulo Costa, referiu que «este livro é um bocadinho aquilo que eu sou, aquilo que eu penso, aquilo que eu sinto». Por este motivo quis partilhá-lo com todos, uma vez que «o que está cá dentro só faz sentido se puder sair para fora», referiu. Este livro «inspirado na Palavra de Deus», tem com fio condutor «esta ideia muito bonita de que o nosso Deus é o Criador mas também o Salvador. E que a nossa vida só tem sentido n’Ele», defendeu o autor. Para Paulo Costa, Gotas de água «não é um livro para ser lido de uma assentada, como se fosse um romance», mas «é um livro para todos os dias».

O encontro teve também dois momentos musicais protagonizados por Inês Teixeira e Maria José de Brito, alunas do autor no Colégio de Lamas.

«Gotas de água para todos os dias»