Notícias

27/Jan

- Primeira Profissão Religiosa

O segundo cabo-verdiano da congregação, Artur Garcia, emitiu a primeira Profissão Religiosa na Região Portugal, na Festa da Conversão de São Paulo. Participaram, para além dos Paulistas e membros da Família Paulista, a mãe, a madrinha e a irmã do neo-professo, vindas de Cabo Verde, e vários amigos vindos sobretudo de Braga, onde estudou teologia.

Numa celebração alegre e festiva, bem ao gosto do povo africano, presidida pelo Superior Regional, na Capela Jesus Mestre, na Comunidade de Apelação, também renovaram os votos os juniores Mário Silva e José Landim. «Esta primeira profissão e a renovação dos votos dos dois juniores são sinal de esperança para a Congregação em Portugal, manifestando que o nosso carisma continua a atrair jovens que respondem com generosidade ao desafio da evangelização com a comunicação», sublinhou o Pe. José Carlos Nunes no início da celebração. Na homilia, incentivou todos os membros a viverem com alegria e criatividade a sua consagração, não sendo daqueles consagrados que «ainda não saíram do ventre materno, ou ainda não assumiram o baptismo na vida consagrada, ou não têm a coragem de morrer para si mesmos e por isso tornam os votos insignificantes», citando Michelina Tenace.

Seguiu-se um jantar convívio, onde se leu a carta de felicitações que o Superior geral, Pe. Valdir José de Castro, enviou ao neo-professo, que continuou com músicas e cânticos populares de Cabo Verde, Angola, Braga, Ilha da Madeira e Portugal.

Primeira Profissão Artur Garcia