Notícias

24/Mai

- Papa Francisco recebe Superior Geral dos Paulistas

No passado dia 2 de Maio, o Papa Francisco recebeu em audiência privada o Superior Geral dos Paulistas, Pe. Silvio Sassi, que se fez acompanhar do Superior Provincial e do Diretor-geral do Apostolado de Itália, e ainda dos directores das revistas «Famiglia Cristiana» e «Credere».
O motivo principal desta audiência foi «entregar pessoalmente ao Papa uma carta na qual se pede uma audiência especial para toda a  Família Paulista durante o ano 2014, explicando brevemente que as 10 instituições que a compõem estão a viver um triénio de preparação para a celebração do primeiro centenário do nascimento do carisma Paulista», referiu o Pe. Silvio Sassi.

Revela ainda o Superior Geral dos Paulistas que assim que saudou o Santo Padre este o surpreendeu pela sua boa memória quando lhe disse: «O senhor visitou-me em Buenos Aires!». Na verdade, numa das suas visitas fraternas aos Paulistas da Argentina o Superior Geral tinha ido fazer uma visita de cortesia ao então cardeal Bergoglio, arcebispo de Buenos Aires, e este na sua grande gentileza fez questão de o acompanhar até à porta da saída.

Durante a apresentação de alguns dons que os Paulistas levaram ao Santo Padre, a Bíblia para China, a Grande Bíblia da Europa (com iluminuras do séc. XIII) e a nova versão da Bíblia italiana Caminho, Verdade e Vida, o Superior Geral pediu ao Papa Francisco que encoraje e acompanhe os Paulistas no seu apostolado «cada vez mais necessário e também cada vez mais delicado e complexo», sublinhando que «também na comunicação existem os pobres e que se devem exercitar as obras de misericórdia com a comunicação» como repetia frequentemente o Beato Alberione, Fundador dos Paulistas.
No final, quando os directores das revistas apresentaram a «Famiglia Cristiana» e «Credere» ao Santo Padre, dizendo-lhe que as capas com ele faziam muito sucesso, Papa Francisco comentou sorrindo: «Então posso pedir-vos uma percentagem…», ao que responderam que já havia quem se preocupasse com zelo dos direitos de autor do Papa.