Notícias

20/Set

- Faleceu o Pe. Amorth, o mais conhecido exorcista do mundo

Faleceu na passada sexta-feira, com 91 anos de idade, o Pe. Gabriele Amorth, sacerdote paulista e exorcista da diocese de Roma. O “mais famoso exorcista do mundo”, como era conhecido, faleceu após várias semanas com complicações pulmonares.

Para além de exercer este ministério na Igreja, o Pe. Amorth foi também jornalista e escritor. Colaborava com diversos órgãos de comunicação social, entre os quais a revista Famiglia Cristiana, a congénere italiana da revista FAMÍLIA CRISTÃ, que a PAULUS edita em Portugal há mais de 60 anos. Em 1990 fundou a Associação Internacional dos Exorcistas, da qual foi presidente honorário.

Foi autor de inúmeros livros de sucesso, alguns deles traduzidos para português pela PAULUS Editora: Exorcistas e Psiquiatras, Mais fortes que o mal e Novos relatos de um exorcista.

Em outubro será apresentado o mais recente livro do Pe. Gabriele Amorth, Seremos julgados pelo amor, um livro-entrevista escrito em conjunto com o jornalista Stefano Stimamiglio.

Editado pela PAULUS Editora, este é um livro que trata de temas que têm suscitado muito interesse: a possessão, a opressão, a obsessão e a infestação diabólica. Através de uma linguagem clara, procura-se dar algumas noções base para uma primeira abordagem na obscura fenomenologia ligada ao culto satânico e aos seus “remédios” espirituais (exorcismos, orações de libertação e outras práticas de piedade).

Seremos julgados pelo amor estará disponível em todas as livrarias em meados do mês de outubro.

A apresentação da obra acontece no dia 21 de outubro, em Lamego, e no dia 22, em Cascais. A apresentação está ao cuidado do Pe. Duarte Sousa Lara, o mais conhecido exorcista português. Este sacerdote da diocese de Lamego acompanhou de perto o Pe. Amorth durante mais de uma década, em Roma, e foi com ele que aprendeu e começou este serviço à Igreja.