Opinião

DOCAT estimula pastoral portuguesa

24 de Agosto de 2016

O DOCAT foi o presente mais marcante que o Papa Francisco deixou na última Jornada Mundial da Juventude, em Cracóvia. Mas o compromisso que pediu aos participantes vai mais além: deseja que
1 milhão de jovens vivam e testemunhem a Doutrina Social da Igreja.

Ainda durante a Jornada, muitos jovens, através das redes sociais, disseram o seu sim ao convite do Papa. O aplicativo disponibilizado do DOCAT já tem mais de 30 mil inscritos e comprometidos nesta missão.

Em Portugal, a partir de setembro, teremos também disponível a versão em livro, editada e distribuída pela Paulus Editora.

Com o início do novo ano pastoral, não só os jovens mas toda a Igreja portuguesa é convidada a participar neste desafio lançado pelo Papa. Certamente a criatividade pastoral fará surgir belas iniciativas em todas as dioceses, paróquias e movimentos.

A Paulus Editora, em parceria com o Departamento Nacional da Pastoral Juvenil, está a preparar uma programação que contribuirá para a concretização do sonho do Papa Francisco.

O cardeal Tagle, na apresentação oficial do DOCAT, afirmou que «a Doutrina Social da Igreja é o próprio Jesus vivo. Conforme o mundo muda, nós nos confrontamos com novas realidades e desafios. Este documento é um modo de como fazer essa transformação na sociedade, levando paz e amor».

Conheces a Doutrina Social da Igreja? Tens procurado agir de acordo com esta doutrina no teu dia a dia? Todos certamente desejamos que os jovens e a Igreja em Portugal estejam à altura para «revolucionar o mundo».